top of page

Rede Mobi.E regista quase 800 mil carregamentos nos primeiros 2 meses do ano

No acumulado anual, tal representa um aumento de 65% face ao ano passado.


No mês de fevereiro, foram registados mais de 398 mil carregamentos, o que representa uma subida de 73% face ao mesmo mês de 2023. Ao nível dos consumos de energia, estes foram superiores a 7.890.000 kWh, um aumento de 93% em comparação com o mesmo período homólogo. 

A rede de carregamento continua a crescer, a par do incremento do parque de viaturas elétricas. Em fevereiro, integravam a rede Mobi.E cerca de 4.570 postos e cerca de 8.130 pontos de carregamento de acesso público.

Outro dado relevante é a potência da rede, atualmente superior a 249.700 kW, 6% acima do objetivo proposto no regulamento europeu “Alternative Fuel Infrastructure” Regulation” (AFIR). No final de fevereiro, cerca de 1.650 postos de carregamento eram rápidos ou ultrarrápidos, o que representa 36% do total da rede. 

Este ano, em fevereiro, utilizaram a rede nacional de carregamento mais de 67.800 condutores, uma subida de 66% face a 2023. Em média, em fevereiro, cada utilizador efetuou 9 carregamentos na rede Mobi.E (uma subida, face a 6 carregamentos em janeiro).

Quanto ao impacto da rede Mobi.E no ambiente, nos primeiros dois meses, foram poupadas mais de 12 mil toneladas de CO2. Seriam necessárias mais de 210 mil árvores com 10 anos, em ambiente urbano, para reter o mesmo dióxido de carbono.

Existem atualmente 70 tomadas, em média, por cada 100 quilómetros de rodovia. Por cada 100 mil habitantes, são disponibilizadas 95 tomadas, em média. Fonte: MOBI.E

26 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page