top of page

Estratégia de incentivo do Estado Português para a compra de bicicletas elétricas

Atualizado: 31 de mar. de 2021

O Estado vai reforçar os apoios à compra de bicicletas, aumentando o investimento de 400 mil para 1,1 milhões de euros. Desta forma, particulares e empresas terão um apoio até 350 euros por unidade e a comparticipação chega até metade do preço. Os apoios podem ser solicitados até 30 de novembro de 2021 e vão incidir sobre os veículos comprados a partir de 1 de janeiro deste ano.



Será este incentivo suficiente para a mudança de paradigma? é necessário uma nova estratégia nacional ciclável? As bicicletas ganharam protagonismo nos últimos meses com cada vez mais cidadãos a recorrerem a este meio de transporte, seja para lazer, seja para a deslocação para o trabalho. Uma rede ciclável bem conectada e sustentável levará a que mais consumidores tenham uma experiência de mobilidade segura e consequentemente tenham o desejo de adquirir mais bicicletas elétricas. É uma prioridade para a economia verde, para as empresas e também para os municípios.


Dessa maneira, o Governo devia adotar novas medidas e propostas para o crescimento sustentável, não só para meios de transporte mais ecológicos em todas as cidades, mas também para diminuir os impactos socioambientais.






56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page