top of page

Bateria com quatro vezes mais densidade energética pode dar asas à aviação

A norte-americana Wright Electric apresentou um novo tipo de baterias com 1.000 Wh/kg. Para a aviação, acende-se uma luz para a eletrificação.

A Wright Electric é uma empresa com sede em Los Angeles, Califórnia, fundada em 2016 por Jeffrey Engler e JoeBen Bevirt, e, desde a sua criação, tem se concentrado no desenvolvimento de tecnologias de aviação elétrica que sejam mais sustentáveis e económicas.


É aqui que entram as baterias que estes especialistas estão a desenvolver com vista a conseguirem packs que garantam autonomias suficientes para voos comerciais de longo curso. De acordo com a informação disponibilizada, as baterias patenteadas pela Wright Electric têm quatro vezes a densidade de energia das mais recentes baterias de lítio instaladas nos veículos elétricos atuais.

Estamos a falar de um novo tipo de baterias que terá como objetivo projetar um sistema que atinja 1.000 Wh/kg.


Estas baterias de maior densidade energética permitiriam a eletrificação de setores que são mais difíceis de transformar com a tecnologia atual, caso da aviação e, mais especificamente, aviões para transportar acima de 100 pessoas.


De acordo com o que se sabe, a Wright Electric tem vindo a realizar ensaios com tecnologias de baterias que não são adequadas para produtos eletrónicos de consumo. Todavia, têm algum potencial para aplicações que exigem extrema leveza, segurança e tamanho.


Neste momento, foi iniciada a segunda fase do seu projeto de investigação e, ao mesmo tempo, estão a trabalhar com vários centros académicos e parceiros industriais para desenvolver estas baterias promissoras. O cronograma aponta para que os primeiros protótipos para testes estejam prontos em 2025, admitindo-se que os clientes dos setores aeroespacial e defesa começarão a receber as suas baterias em 2027. Fonte: Weletric.

19 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page